Alcaparras | Temperos e Condimentos

alcaparra

Alcaparras são picles feitos a partir dos botões de flores não abertos do arbusto capparis spinosa, que cresce no Mediterrâneo. Na França, Itália e Espanha, os arbustos são cultivados para alcaparras. Roquevaire, na Provença, é conhecida como a “capital da alcaparra”.

As alcaparras nunca são usadas frescas e são preservadas de duas maneiras: em salmoura, às vezes com adição de vinagre ou em sal. Mais frequentemente, os botões de flores são embebidos em água salgada, em seguida, embalados em salmoura ou uma mistura de salmoura e vinagre. É assim que as alcaparras são vendidas na maioria dos supermercados. A outra opção é a cura com sal. Este tipo de alcaparra custa mais e só está disponível em mercados especializados. 

As alcaparras também variam em tamanho – aumentando em tamanho e diminuindo em valor. Assim como o açafrão, as alcaparras são colhidas à mão, o que faz seu preço ser bastante alto. Mas felizmente seu forte sabor faz com que não sejam necessárias muitas alcaparras para fazer um prato.

Além do botão da flor, come-se também as caper berries, que são os frutos não amadurecidos da planta. Eles se parecem com alcaparras gigantes, pois também são colocados em conserva e possuem um cor verde-escura. Caper berries são muito utilizadas para enfeitar drinks de bebidas alcoólicas.

caper berries
Caper berries – os frutos não amadurecidos da planta

Onde usar alcaparras?

A alcaparra em conserva (pickles) é muito usada tanto como tempero quanto para enfeitar pratos. É muito comum em várias receitas do Mediterrâneo.

Vai bem no molho de tomate e acompanhando carnes (inclusive cruas).

Costuma acompanhar peixes assados e grelhados.

O molho tártaro, feito com alcaparras, é frequentemente servido com salmão defumado.

RECEITAS CLÁSSICAS QUE LEVAM ALCAPARRAS

Spaghetti alla putanesca (Itália)

spaghetti alla putanesca

Carpaccio (mas o carpaccio original italiano não tem alcaparras)

Leia nosso artigo sobre o carpaccio

carpaccio com alcaparras

Caponata siciliana

Caponata siciliana

Molho tártaro

molho tartaro

É servido no steak tartare, junto com cebolas e um ovo cru.

steak tartare

COMO COMPRAR E USAR ALCAPARRAS?

Alcaparras são normalmente compradas em conserva, como na foto abaixo.

As menores alcaparras são as mais procuradas, e portanto mais caras. As alcaparras maiores são muito potentes para comer inteiras e devem ser picadas. Além de adicionar um passo extra, as alcaparras picadas se desintegram quando adicionadas aos molhos.

alcaparras em conserva
Alcaparras em conserva

Muitas fontes sugerem a lavagem de alcaparras salgadas para retirar o excesso de sal. Isso talvez não seja necessário. Escorra bem as alcaparras e prove uma. Se eles parecerem muito salgadas ou com forte sabor de vinagre, você pode enxaguá-las. Na maioria dos casos, essa etapa não será necessária.

Posso plantar alcaparras em casa?

Sim. A alcaparra é um arbusto que atinge meio metro de altura, portanto leve isso em consideração. Ela pode ser cultivada em vasos.

A planta necessita de muita luz solar. Ela suporta temperaturas bem altas, de até 40 graus. Precisa de água, mas o solo não deve ficar úmido. O ideal é um solo calcáreo.

Lembre-se que a colheita tem que ser feita bem antes do florescimento. Caso floresça, espere até que a planta dê frutos. Os frutos também podem ser colocados em conserva e consumidos.

botão de alcaparra

As flores da alcaparra são muito bonitas. Este vídeo dá uma ideia (usando time lapse) do que acontece com a alcaparra se ela não for colhida no bulbo.

Benefícios e riscos para a saúde no consumo de alcaparras

As pessoas usam alcaparras para diabetes, infecções fúngicas, congestão no peito, vermes no intestino e uma doença de pele causada por parasitas chamada leishmaniose. Alcaparras também são usadas como tônico.

Algumas pessoas aplicam alcaparras diretamente na pele para pele seca e outras doenças da pele e para melhorar o fluxo sanguíneo perto da superfície da pele.

Alcaparras contêm substâncias químicas que podem ajudar a controlar o açúcar no sangue. Alcaparras também podem ter atividade antioxidante.

Não há estudos com evidências suficientes para comprovar a eficácia nas seguintes aplicações:

a. Diabetes

b. Infecções por fungos

c. Congestão no peito

d. Vermes intestinais

e. Leishmaniose

f. Distúrbios da pele, quando aplicados diretamente

g. Melhorar o fluxo sanguíneo perto da superfície da pele, quando aplicado diretamente

h. Pele seca, quando aplicado diretamente

Mais evidências são necessárias para avaliar a eficácia das alcaparras para esses usos. Portanto cuidado com o que você lê em sites que recomendam o consumo de alcaparras para a cura ou prevenção das enfermidades acima.

Diabetes: Existe alguma preocupação de que as alcaparras possam alterar o controle do açúcar no sangue em pessoas com diabetes. Monitore seu açúcar no sangue de perto se você tiver diabetes e usar alcaparras.

Cirurgia: alcaparras podem afetar os níveis de açúcar no sangue. Existe alguma preocupação de que as alcaparras possam interferir no controle do açúcar no sangue durante e após a cirurgia. Pare de usar alcaparras pelo menos 2 semanas antes de uma cirurgia programada.

Comer alcaparras aumenta significativamente a sua ingestão de sódio, por isso as pessoas sensíveis ao sal devem evitar comer muitas alcaparras. Apenas uma colher de sopa dos botões contém 238 miligramas de sódio, ou 16% da ingestão diária adequada de sódio. Comer alimentos ricos em sal aumenta a pressão sanguínea e uma dieta rica em sal pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares

Fontes: universidades americanas e grandes sites de saúde americanos e europeus

Alcaparras em outras línguas

  • Inglês: capers
  • Francês: câpre
  • Espanhol: alcaparra
  • Italiano: cappero
  • Alemão: kaper

Quer aprender mais sobre temperos?

Veja nosso Guia de Temperos | Ervas, Especiarias, Sal & Pimenta

Acesse nosso Curso de Gastronomia & Culinária Grátis

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *