Carolina Reaper | Pimentas

pimenta carolina reaper

Carolina Reaper é o nome dado à pimenta mais ardida do mundo. Em 2017, o Guinness World Records ratificou mais uma vez a pimenta Carolina Reaper como a pimenta mais ardida do mundo. A recordista anterior era a pimenta Trinidad Scorpion “Butch T”. Outras variedades já reinvidicaram o posto de pimenta mais ardida, mas nenhuma delas foi confirmada pelo Guinness World Records.

O SHU (Scoville Heat Unit – Unidade de Ardência de Scoville) médio da Carolina Reaper é de 1,641.183 unidades. A pimenta individual mais ardida teve uma medição de 2,2 milhões de SHU.

Leia nosso artigo sobre o SHU (Scoville Heat unit)

Quais pimentas são mais ardidas que a Carolina Reaper?

Por enquanto, Carolina Reaper é considerada a pimenta mais ardida do mundo, por ter sido confirmada por uma instituição independente, o Guinness World Records. Mas há pelo menos duas pimentas que devem reinvidicar o posto de pimenta mais ardida do mundo:

Dragon’s Breath Pepper: em maio de 2017, Mike Smith, trabalhando com a Nottingham Trent University, alegou ter superado o Carolina Reaper com sua Dragon’s Breath Pepper, relatando uma ardência de 2,4 milhões de SHUs, e aplicou ao Guinness World Records para confirmação.

Pepper X: Em 2017, o criador do Carolina Reaper afirmou ter criado uma pimenta mais forte que a Carolina Reaper, com 3,18 milhões de SHUs. A pimenta, conhecida como Pepper X até seu nome comercial final ser escolhido, não foi confirmada pelo Guinness.

Veja nossa tabela com o ranking das pimentas mais ardidas (e menos ardidas do mundo)

Quais os riscos para a saúde ao comer uma Carolina Reaper?

Embora incrivelmente picante, a capsaicina da Carolina Reaper apenas desencadeia receptores de dor na boca e na garganta, de modo que a dor e ardência que você está sentindo não está realmente prejudicando seu corpo. No entanto, há uma dose mortal de capsaicina, mas você teria que ingerir 1.3 quilos de Carolina Reaper seca de uma única vez para que isso aconteça.

É bastante seguro comer pimentas super ardidas. Houve um relato sobre um homem tendo uma forte dor de cabeça ao competir em um concurso de comer pimenta. Isto é excepcionalmente raro e o homem tinha problemas de saúde pré-existentes desconhecidos. Na verdade, existem muitos benefícios para a saúde ao comer pimenta.

Comer pimenta super-ardida pode causar fortes dores de estômago em pessoas que não comem alimentos picantes com freqüência ou naqueles que têm problemas de saúde pré-existentes, por exemplo, a síndrome do cólon irritável.