Tête de Moine | Queijos

O queijo Tête de Moine já tem oito séculos. Acredita-se que os monges que se hospedam em Moutier, na zona montanhosa do Jura de Berna, no cantão de Berna, criaram este queijo. E daí o queijo leva o nome ‘Tete de Moine’ que significa ‘Cabeça de Monge’.

O queijo é feito com leite de vaca, de massa meio-cozida ou meio-dura. O queijo desenvolve seus sabores perfumados efetivamente somente quando é raspado/laminado. Então, para aproveitar seu melhor sabor, uma ferramenta chamada ‘Girolle’ foi inventada em 1982. Um raspador ligado ao eixo central do aparelho facilita a laminagem do queijo. 

Tête de Moine harminiza bem com vinhos brancos frescos, como Pinot Grigio.