Como fazer a espuma de leite perfeita para seu café

Espuma de leite

A espuma de leite é uma parte importante de um bom latte – ou em bom português, de um bom café com leite ou “pingado”. É preciso muita prática para criar padrões bonitos e tudo começa com a espuma certa. Mas o que isso significa? Vamos mostrar neste artigo quais os componentes mais importantes de uma espuma de leite perfeita.

Os amantes de cappuccino e latte macchiato já devem ter passado por isso: logo que você termina de agitar o leite a espuma colapsa. Por que isso acontece? Você usou o leite errado? Não ficou suficientemente quente?

O que exatamente acontece quando você espuma o leite?

O processo de espumar o leite basicamente significa adicionar ar ao leite. Este ar é encapsulado por moléculas de proteínas, que impedem a liberação. Quanto mais cápsulas de  proteína forem criadas e quanto menor forem as bolhas de ar, mais está estável será a espuma.

O leite correto

Certifique-se de verificar o teor de gordura quando comprar o leite. O leite desnatado é a melhor opção para iniciantes: fará uma boa espuma com consistência firme e é mais fácil de manipular – mas certamente é muito menos saboroso. Se o objetivo for uma espuma cremosa e saborosa, vá de leite integral. Mas não é só o teor de gordura que influenciará a espuma, é também importante o tipo de processamento pelo qual o leite passou. Leite UHT é a melhor escolha para uma espuma consistente e estável. Já o leite fresco, não processado, criará uma espuma que desaparecerá rapidamente. No caso de usar leite fresco, prefira aquele que acabou de ser produzido, recentemente aberto e que foi armazenado em local frio e escuro.

Outros tipos de leite, tais como leite de soja, também podem ser utilizados para criar espuma. Mas as bolhas desaparecerão mais rapidamente pois a estrutura de proteínas destes tipos de leite não conseguem suportar as bolhas por muito tempo.

Leites orgânicos e leites sem lactose não espumam tão bem quanto outros tipos de leite. Os processos de pasteurização utilizado nesses tipos de leite mudam sua estrutura proteíca.

O teor de proteína

Há uma regra básica: quanto mais proteína, mais firme a espuma. No entanto, é muito difícil identificar com exatidão o teor de proteína do leite. O que sabemos com certeza é que é mais fácil fazer a espuma perfeita com leite de vaca produzido no inverno, pois é quando as vacas bebem menos e o teor de proteína no leite é maior. Mas em países tropicais com pouca variação de temperatura, como é o caso do Brasil, a diferença será imperceptível.

A temperatura

A temperatura de aquecimento do leite também é crucial no processo de espumar o leite. Há a quebra dos compostos proteícos do leite quando este atinge a temperatura de 60 graus Celsius. Por isso é importante não aquecer o leite a uma temperatura superior a 60 graus. Leite desnatado é capaz de capturar mais ar quando está frio enquanto o leite integral criará a melhor espuma em baixas e médias temperaturas.

Sua jarra deve estar limpa

Certifique-se de que não há líquido lavável ou gordura na sua jarra. Siga essa regra básica e você estará no caminho certo para a espuma de leite perfeita.

O espumador de leite

O espumador de leite é uma escolha pessoal. Os baristas geralmente usam um bico de vapor, que está integrado em muitas máquinas de café espresso. Contudo, outros tipos de espumador de leite também funcionam bem, tais como os diversos modelos de espumadores elétricos existentes no mercado. O que é importante é que você não mergulhe o bico ou o espumador elétrico profundamente no leite, mas sim trabalhe na superfície e apenas vá mais fundo para mexer o leite de vez em quando. Deve demorar cerca de um minuto para que o leite alcance sua consistência final.

Depois de ter preparado a espuma, é hora de fazer o latte perfeito. Faça o café expresso primeiro e despeje a espuma e o leite no copo assim que terminar de preparar a espuma.
Depois de aprender a fazer a espuma de leite perfeita, é hora de aprender a criar “latte art” como um verdadeiro barista. Veja o vídeo abaixo para dar seus primeiros passos