Tomate Confit

Inscreva-se em nosso canal YouTube

Tomate confit é o tomate assado em baixas temperaturas. Este processo torna o tomate bastante macio, sem retirar toda a sua umidade. Seu sabor será mais pronunciado e o processo permitirá que o tomate seja armazenado por períodos maiores de tempo.

O tomate confit retém sua forma e tem seu sabor natural intensificado. É mais refrescante que o tomate assado, e por isso combina bem com pratos frios, como saladas e sanduíches. Também é ótimo como acompanhamento de massas em dias quentes.

Receita de Tomate Confit

Nossa receita de tomate confit pode ser feita tanto com tomates pequenos (tomate cereja) como com tomates do tipo italiano (roma, chucha, san marzano, etc).

O tomate cereja confit é muito fácil de ser preparado, já que casca e sementes são mantidas. Mas a casca pode ser um pouco difícil de mastigar e indigesta. Por isso preferimos preparar o tomate italiano confit, pois fica com sabor e textura mais delicados.

receita de tomate confit
Imprimir

Tomate Confit

Tomate assado em baixa temperatura. Utilize-o em saladas, massas e sanduíches.
Refeição Acompanhamento
Cozinha Francesa
Tempo total 4 hours
Serve 500 gramas de tomate confit (sem o azeite)

Equipamentos necessários

  • Assadeira grande (de aço, alumínio, etc) - utilizamos uma assadeira de 40cm x 30cm
  • Panela grande
  • Papel manteiga

Ingredientes

  • 1 quilo de tomate maduro (italiano, roma, chucha, cereja, etc)
  • 300 ml de azeite de oliva virgem ou extra-virgem (utilizado para regar e para armazenar)
  • 10 gramas de tomilho fresco (peso com haste)
  • 4 gramas de sal grosso (1/2 colher de chá bem cheia)
  • 10 dentes de alho com casca

Modo de preparo

PARA TOMATE CEREJA

  • Cortar: corte o tomate cereja ao meio; como o tomate cereja é pequeno, não retiramos a pele nem as sementes desse tipo de tomate
    corte o tomate cereja ao meio

PARA TOMATE ITALIANO/CHUCHA OU OUTRO TOMATE GRANDE

  • Cortar: com a ajuda de uma faca de legumes, retire o pedículo (parte que liga ao caule) do tomate
  • Fazer cruz: faça uma cruz na parte inferior do tomate; isso facilitará a retirada da pele
    faça uma cruz na pela do tomate
  • Ferver: coloque o tomate em água fervente por 20 a 30 segundos (no máximo), até que a pele comece a contrair; isso fará com que a pele do tomate se solte facilmente
  • Esfriar: após os 30 segundos de fervura, retire o tomate da água quente e coloque imediatamente em água bem fria (com ou sem gelo); deixe esfriar por 2-3 minutos
  • Descascar: retire toda a pele do tomate com delicadeza; se necessário, utilize a ponta de uma faca de legumes para soltar a pele
  • Cortar: corte o tomate em 2 ou 4 partes e retire a parte interna (polpa e sementes) com a ajuda da faca ou de uma colher pequena
    retire as sementes do tomate

CONFITAR

  • Preparar: forre uma assadeira grande com papel manteiga e regue com azeite de oliva
    regue azeite de oliva na assadeira
  • Distribuir: distribua os tomates na assadeira
  • Temperar: com a ajuda da lateral da lâmina de uma faca ou com a palma da mão, quebre parcialmente os dentes de alho e coloque-os entre os pedaços de tomate; não é necessário descascar o alho. Coloque também o tomilho e sal. Regue o tomate com mais azeite de oliva.
  • Assar: leve ao forno preaquecido a 100 graus Celsius e deixe assar por 3 horas a 3 1/2 horas; os tomates ficarão muito macios e ainda úmidos
  • Guardar: coloque os tomates em um recipiente hermético e adicione azeite de oliva até cobrí-los totalmente (usamos cerca de 250ml de azeite nesta etapa); conserve em geladeira e consuma-os em no máximo 1 semana; use o óleo para temperar massas e saladas
    coloque azeite até cobrir totalmente os tomates

Video

Quer aprender a preparar outras saladas tradicionais?