Arroz soltinho: como fazer

http://cozinhatecnica.com/2014/10/deixando-arroz-soltinho/
Desde que comida japonesa passou a fazer parte do cardápio semanal de muitos brasileiros, aprendemos a gostar do arroz mais grudento, e até sem tempero. Risoto italiano também é assim. Mas no dia-a-dia, junto do feijão, do bife e da batata frita, o arroz soltinho ainda é muito apreciado. Mas por que nem todo arroz que encontramos por aí é soltinho? Além da preferência de cada um, a resposta reside no processo de preparação. Vamos explicar o passo-a-passo de como deixar o arroz soltinho

1 - LAVE (E DEIXE DE MOLHO)

Lave bem o arroz em água fria, até que a água fique limpinha. Além de retirar impurezas, este é um importante passo para retirar o excesso de amido gerado pelo polimento do arrroz. É esse amido que torna o arroz grudento. Enquanto a água estiver esbranquiçada, ainda há amido para ser retirado. Deixar de molho é opcional, normalmente desnecessário para o arroz consumido no Brasil. A vantagem de deixar o arroz de molho é que ele aumenta de tamanho e faz com que os grão se tornem menos quebradiços, o que reduz a chance do arroz empapar. Se deixar de molho, é importante drenar a água para que não se use mais água do que o necessário no cozimento.

2 - ESCOLHA A PANELA CERTA

O arroz absorve água e tende a aumentar consideravelmente de volume, acima de 50% do tamanho original. Por isso é importante escolher uma panela que comporte esse volume adicional. Além disso, e melhor usar uma panela com fundo grosso, pois distribui melhor o calor e evita que o arroz que ficar embaixo queime. Também é importante ter uma panela com boa tampa, que segure bem o vapor dentro dela.

3 - SELE OS GRÃOS

Assim como a carne, também "selamos" o arroz. Para isso, coloque um fio de óleo na panela e deixe esquentar bem. Se você gosta de cebola, alho, etc, adicione agora e espere dourar/refogar. Com o óleo quente, adicione o arroz e "frite" esse arroz. Esse processo fará com que o amido remanescente da superfície do arroz perca sua habilidade de grudar, deixando o arroz soltinho ao final.

4 - DEIXE O ARROZ EM PAZ

Quando o arroz começar a estalar, é hora de adicionar água. Não exagere na água, cerca de 1 1/2 xícaras para cada xícara de arroz é suficiente e deixará o arroz no ponto certo. Não mexa o arroz! Quando você mexe alguns grãos se partem e liberam amido, o que deixará o arroz grudento. Deixe a panela fechada. Abra o mínimo possível, apenas para verificar se a água já evaporou. Quando tirar evaporado quase completamente, desligue o fogo.

5 - HORA DO ARROZ DESCANSAR

Este é um passo importante. Não seja apressadinho(a), deixe o arroz descansar antes de serví-lo. Quando o arroz é retirado do fogo, a umidade se redistribui na panela e você ao final terá uma porção com textura mais uniforme. Dessa forma você não fica com aquela panela de arroz úmido no meio e seco nas laterais. Espere no mínimo 5 minutos, idealmente 10-15 minutos.

6 - SOLTE OS GRÃOS. SEU ARROZ SOLTINHO ESTÁ PRONTO!

Ao final do processo, o arroz poderá estar um pouco compactado na panela, com os grãos parecendo grudados. Não se preocupe, use uma colher de pau ou plástica e solte-os delicadamente para que não quebrem. Outra opção é sacudir a panela. Quer aprender mais? Acesse nosso Curso de Culinária Grátis no Cozinha Técnica!

Comentários

Arroz soltinho: como fazer

| Dicas de preparação |